Notícias curtas
Fazer um tour
Compartilhar
!

Chaves para o sucesso: Seja um pouco louco.






Clara Shih é uma empreendedora precoce. Aos cinco anos, ela chegou nos EUA, saindo de Hong Kong, com seus pais. Sem acesso à educação bilíngüe, ela foi inicialmente colocada em classes especiais para crianças com impedimentos da fala e fiu avançado tão rapidamente que ela marcou um 1420 em seu SATs - na oitava série. Ela começou sua empresa, Rumores Sociais (Hearsay Social, originalmente, em inglês), aos 27 anos, fez parte da lista da Fortune's de Mulheres empreendedoras Mais Poderosas (em inglês) do ano passado, e se casou com seu namorado neurologista em outubro (atrasando sua lua de mel para participar da Fortune Summit MPW (em inglês) .).


No mês passado, Shih foi escolhida para substituir o Facebook COO Sheryl Sandberg (em inglês)  na Starbucks ( SBUX (em inglês) board). hoje , ela faz 30 anos de idade. Não há melhor momento para a CEO da Hearsay Social para compartilhar, assim, as lições de sua juventude:


Eu dirijo uma empresa de software chamada Hearsay Social, que fundei há dois anos, depois de perceber que a mídia social é um paradigma de negócio fundamentalmente nova - tão grande quanto, ou até mesmo maior do que, a Internet era uma década atrás. Hearsay (Rumor, ou boato, em português) é uma plataforma que ajuda as empresas - os retalhistas, empresas de serviços financeiros, e qualquer outra pessoa com um monte de empregados em uma série de locais - como Facebook, LinkedIn (LNKD ), Twitter e Google + ( GOOG ). Nós levantamos US$ 21 milhões em capital, empregamos mais de 60 pessoas, e nós estávamos com um fluxo de caixa positivo em 2010, nosso primeiro ano de operação.
Pensamos em nosso crescimento como um testemunho do poder transformador do negócio social. Considere isto: Um ano atrás, havia 500 milhões de usuários do Facebook, 100 milhões de usuários do Twitter, 50 milhões de usuários do LinkedIn, e nenhum usuário no Google+ (que ainda não existia). Hoje, existem mais de 1 bilhão de pessoas no Facebook, e as outras redes também têm mais do que dobrado seu tamanho.
Mas nosso crescimento também reflete o que eu aprendi ao longo do caminho. Comecei minha jornada de mídia social em 2007, quando eu desenvolvi o primeiro aplicativo de negócios no Facebook, chamada Faceforce. Foi essa experiência -, depois de trabalhar como engenheira na Microsoft (MSFT), na estratégia de produto da Google, e depois como chefe do AppExchange da Salesforce.com ( CRM ) - que me levou a escrever um bestseller: New York Times , A Era Facebook . Ambos, o app e o livro, que previu a ascensão dos negócios sociais, me ajudou a identificar as lacunas no mercado e perseguir o meu sonho real: a construção de uma startup.
Hoje, meu parceiro de negócios é Steve Garrity, que eu havia conhecido uma década atrás, em uma aula introdutória de programação de computadores em Stanford. Ele saiu de um emprego seguro na Microsoft para se juntar a mim neste empreendimento. Steve é ​​diretor de tecnologia da Hearsay Sociais. Eu sou a CEO. Desde que começou o negócio no meu apartamento no bairro de Russian Hill de San Francisco, aqui estão algumas lições chave que nós aprendemos, e que você deveria conhecer:
1. Seja rápido. Na área de tecnologia em rápida evolução, é fundamental para testar novas idéias e iterar rapidamente. Muitas vezes, é o aluno mais rápido e mais ágil do que a melhor primeira tentativa que ganha.
2. Tenha Foco. Trabalhamos exclusivamente com empresas e marcas locais, e com as  principais empresas que têm filiais ou representantes locais. Nosso foco nos faz priorizar nossos escassos recursos de inicialização e se tornam guias de cada decisão que tomamos, para construir a forma de vender a quem empregar. Creio que esta é uma das nossas maiores forças.
3. Ouça mais do que falar. Chamamos a empresa "Rumores", porque, na era da mídia social, é importante para todos na empresa, ouvir antes de falar. Eu me esforço para fazer isso com a minha equipe. Por sua vez, a nossa empresa faz isso com os nossos clientes. E ensinamos nossos clientes a adotar essa abordagem com seus clientes. É um círculo virtuoso.
. 4 Liderar pelo exemplo. Eu sei que só por ser aberto, transparente e colaborativo posso inspirar essas mesmas características em outros - e atrair mais pessoas para a grande Hearsay Social. Assim, todos os dias eu tento ficar on-line. E eu fico tão tarde no escritório que fico com os olhos turvos como de nosso engenheiro.
5. Seja um pouco louco. As pessoas pensavam que eu era louca quando eu era citada em 2007  dizendo que "daqui a cinco anos, sem aplicação empresarial não será social." (em inglês) 
Essa idéia parecia insondável então, mas o que tenho vindo a perceber é que, no Silicon Valley, tudo é possível. Como empresários, temos que ter constantemente sonhos e ter a convicção e a obsessão de transformar nossos sonhos em realidade - para criar um futuro que nunca existiu antes.
Matéria original retirada de: CNN Money
Tradução: Rodriggo Dell.

Rodriggo Dell · Iago Bruno Rede Social Beta © 2014 · Termos · Privacidade · Equipe · Contato · Sobre · Participar