Notícias curtas
Fazer um tour
Compartilhar
!

Microsoft identifica Google.com como site malicioso


Um erro nas atualizações de segurança e do Forefront Security Essentials deixaram milhares de usuários do Explorer sem acesso ao motor de busca em Mountain View, considerando que o malware contido.

Microsoft bloqueou durante várias horas o Google. No dia 14, como toda segunda terça-feira do mês, a empresa lançou atualizações de segurança. Desta vez, a Microsoft incluiu atualizações para o seu antivírus ferramentas Microsoft Security Essentials e Identity Protection Forefront, mas acidentalmente adicionado ao www.google.com como uma pagina contedora de malware.

Cada vez usuários que tentam acessar o mecanismo de busca em Mountain View o software detectava uma ameaça. O pesquisador Brian Krebs foi um dos primeiros a perceber a falha.

No mesmo dia, a Microsoft tomou conhecimento do erro, fornecendo uma atualização para corrigi-lo . "Pedimos desculpas pela confusão que causamos aos nossos clientes", a empresa de Redmond indicou em um comunicado enviado à SecurityNewsDaily.

Se olharmos para trás podemos ver que esta não é a primeira vez que a empresa de Redmond bloqueia uma ferramenta rival acidentalmente . Em setembro, a Microsoft Antivirus marcou o navegador Chrome como malware.
Rodriggo Dell · Iago Bruno Rede Social Beta © 2014 · Termos · Privacidade · Equipe · Contato · Sobre · Participar