Notícias curtas
Fazer um tour
Compartilhar
!

Nexus 7: conheça o tablet da Google.


O tablet Google Nexus 7 foi anunciado durante o primeiro dia da conferência Google I/O 2012, e desde então passou a fazer parte do ''sonho de consumo'' de muitas pessoas.

Com um hardware impressionante, e sofisticado, o aparelho conta com 8 ou 16 GB de memória interna, processador Quad-core Tegra 3, e o que mais chama atenção é o baixo preço: US$199.







O site iFixit conseguiu um modelo do gadget e o desmontou completamente.

Fonte da imagem: engadget

O tablet foi aberto e, além das peças da lista abaixo, foram encontradas várias ligas de cobre para dissipar o calor do aparelho de 1,04 cm, mostrando uma preocupação em relação a um possível superaquecimento. As peças do Nexus 7 são essas:

  •        Processador NVIDIA T30L Tegra 3;
  •    1 GB de Hynix HTC2G83CFR DDR3 RAMo mesmo tipo de memória usado no MacBook Pro com Retina Display;
  •     Módulo wireless AzureWave AW-NH665 — para conexões Wi-Fi;
  •     Receptor de GPS Broadcom BCM4751;
  •   Giroscópio e acelerômetro Invensense MPU-6050 — para jogos e outros aplicativos; 
  •   Kingston KE44B-26BN/8GB 8 GB flash — para armazenamento;
  •    Câmera frontal de 1.2 MP;
  •   Tela Hydis HV070WX2 de 7 polegadas, com resolução de 1280x800 HD. 

      Outro grande chamativo do tablet da Google, é a bateria de longa duração:



   Capacidade: 4325 mAh
§  9 horas de Vídeo HD ;
§  10 horas de navegação na web ;
§  10 horas de leitura ;
§  300 horas de standby.





      Com uma tela de 7 polegadas de boa resolução, corpo compacto e configuração de peso, o Nexus 7 é a aposta do Google para frear o avanço dos concorrentes..


Com um preço agressivo de 199 dólares nos EUA (modelo de 8 GB), o Nexus 7 deixa os
concorrentes da mesma faixa de tela para trás com suas especificações. Equipado com Tegra 3, o 
pequeno tablet traz um processador quad core de 1,3 GHz, 1 GB de RAM e GPU de 12 núcleos.
Sem 3G ou 4G, a conexão com a internet é limitada pelo Wi-Fi.

      Assim como a Amazon, a aposta do Google no consumo de conteúdo é bastante clara.
      
     O Nexus 7 foi lançado com uma repaginação da Google Play, que também vai oferecer programas de TV, músicas, revistas, livros (Google Books) e todos os aplicativos da loja.

      A estratégia é muito similar à adotada pela Apple, com o iTunes, ou mesmo o casamento da Amazon com seus gadgets Kindle.

      Nesse primeiro momento, com o tablet na mão de desenvolvedores, todo o sistema ainda é prematuro.

      As revistas são oferecidas em PDF, ou seja, com uma navegação mais pobre em relação a versões realmente adaptadas para tablets. A venda e aluguel de filmes e músicas também são parciais, com um catálogo que deve ser ampliado. 




      O Jelly Bean de fato é uma evolução do Android. O sistema está mais leve, com transições mais precisas e ícones bem detalhados.

       As novidades da Google Play, Google Voice e Now (recursos de reconhecimento de voz) ainda não estão disponíveis para o Brasil. Provavelmente a versão do aparelho para os consumidores será diferente. Até lá o Google pode melhorar o catálogo da Play, disponibilizar o serviço em outros países e até fazer pequenas mudanças no hardware.

Veja abaixo uma comparação do Nexus 7 com outros tablets.

Clique para ampliar












Rodriggo Dell · Iago Bruno Rede Social Beta © 2014 · Termos · Privacidade · Equipe · Contato · Sobre · Participar