Notícias curtas
Fazer um tour
Compartilhar
!

Afinal, será que a Google está planejando dominar o mundo? (parte 1)

Uma ideia conspiratória, mas você já pensou na possibilidade? A Google (ou outra grande companhia) dominando o mundo? É claro, se isso ocorresse não seria tão breve, mas também não é tão improvável, afinal, qual será o uso da Google com sua mais recente aquisição?

Separei alguns fatores conspiratórios que comprovam que a Google está planejando a dominação mundial!
Atenção: isso é apenas uma brincadeira, não considere o que está escrito aqui como fatos concretos.
Eu sei o que você quer
Isso é o ponto principal da Google: Anúncios. A Google registra os seus dados de navegação, e-mails recebidos, pesquisas... enfim: tudo que você faz na internet usado mais tarde para exibir anúncios, não é? Imagine se a Google começasse a usar tais dados para algo além... As possibilidades são infinitas, além de anúncios na web, imagine um robô vindo até você te oferecendo aquele gadget que você pesquisou alguns segundos atrás? Ou você vai à uma loja de roupas, usando seu Glass, e o que é exibido a você primeiramente é aquela blusa que você estava vendo ontem... Ou até mesmo você ir a um restaurante e antes de você pedir o garçom vir trazer como degustação um pequeno pedaço daquela lasanha que você compartilhou ontem no Google+.


Androids e Androides
O plano de dominação mundial da Google inclui fazer com que todos passem a usar seus gadgets: Motorola, Glass, SmartWatch... e, em um futuro não muito próximo, Androides (ou robôs). Já imaginou, no futuro, além de todos os gadgets vestíveis, robôs e até mesmo a casa inteligente? Uma empresa que sabe de tudo que você faz, tudo que você pensa e tudo que você quer... Tudo ativado por um único comando: "Ok, Google Now". Nada de precisar fazer tarefas cotidianas em nossas casas (nada de limpar, varrer, cozinhar...)





O que quer ver hoje?
Todos nós temos aparelhos televisores em nossas casas. Agora, já que a casa toda fica conectada à Internet, 24 horas, a TV também fica, afinal. Ou até mesmo, nada de TV, cada um assiste ao conteúdo que quiser através de seu Google Glass, e com uma única alternativa: YouTube Videos ou YouTube All Access (um Netflix da Google). Tudo que vemos também é registrado e usado mais tarde, desde vídeos quaisquer a programas de TV, passando por filmes, imagens, gameplays, clipes... tudo usado mais tarde para exibir anúncios. Um ecossistema perfeito, não?

A sua internet também é nossa
Além de ter acesso a tua informação na internet, a Google também vai oferecer a sua internet (e, quem sabe, até mesmo a sua TV por assinatura)! Já imaginou aquela internet mágica que baixa um filme em HD em 7 segundos?
Um Terbyte de armazenamento, internet de até 1 GB/s, "YouTube All Access" (ou On Demand), Crystal Clear HD... pontos positivos são o que não falta!

Sabemos o que você quer, antes mesmo de você querer
Essa é uma das propostas da Google: simplesmente prever o futuro usando algoritmos super inteligentes baseados em tudo que você faz. Prever o futuro não é algo tão complicado para a companhia, eles têm acesso à toda informação no mundo e podem criar uma previsão para o futuro de acordo com o que acontece hoje ou que aconteceu no passado; não seriam previsões concretas, com cem por cento de certeza, mas poderiam te informar coisas relevantes antes de você as querer. Por exemplo, você gosta de provar comidas exóticas (informação adquirida durante uma conversa tua com algum amigo), então você viaja para um lugar novo onde você não conhece nada, o que o Google Now vai te mostrar: lugares com comidas exóticas. Outro exemplo: você informa a um amigo que vai viajar nas férias para a Europa, só que não sabe para onde; noutro momento você informa que gosta de lugares frios; e, por fim, no seu perfil do Google+ você informa que sabe falar inglês. No momento seguinte, ao acessar o Google Now, são exibidos preços de passagens aéreas para o Reino Unido.

----------------------------------------------------------------------------------------------
Essa é a primeira parte da "conspiração de domínio mundial" da Google. Atenção: este artigo é apenas uma brincadeira, não considere a informação escrita aqui como fatos concretos!
Rodriggo Dell · Iago Bruno Rede Social Beta © 2014 · Termos · Privacidade · Equipe · Contato · Sobre · Participar