Notícias curtas
Fazer um tour
Compartilhar
!

Inovação, invenções ou boas ideias?


O que distingue uma da outra e pode fazer você ganhar muito dinheiro

Todos os dias surgem notícias de alguém que inventou um aplicativo ou criou algo incrível é está cheio de dinheiro.  Cada vez mais, esses milionários são mais jovens. E aí você como um simples mortal fica naquela: “Porque não eu? “Ou “Nossa, já tinha pensado nisso” ou “É um sortudo”.  Já ouvi outra: “Isso é porque nasceu lá fora, aqui no Brasil é outra história.”

Mas a verdade é: Se olharmos mais profundamente,  sabemos que há muito esforço para chegarem a esses ganhos incríveis. É Claro que as oportunidades $$$ também são importantes. Mas é bem mais que isso! Que o diga, as Empresas de Tecnologia mais Inovadoras no mundo. [Confira no final uma lista com as 50 mais inovadoras segundo MIT Technology Review]

Vamos ao que interessa!

 Tudo nasce com uma ideia. Ela é o ponto de partida. E o sucesso dela depende de inúmeros fatores.  Quem quiser aprofundar um pouco mais nessa questão pode ler  Steven Johnson, autor do livro: De onde vêm as boas ideias (Where Good Ideas Come From).  Em uma matéria recente na  Revista HSM Management, há uma reportagem exclusiva sobre isso:  Dossiê QI de Inovação. “As ideias se sucedem como portas: abra uma delas e encontrará novas, mas apenas se houver algo que as conecte. A chave é não isolar sua ideia, mas tentar conectá-la com a maior quantidade possível de portas abertas.”



Vale a leitura nessa matéria da revista ou adquirir o livro dele.

>>>Aqui você pode assistir aos Vídeos : De onde vêm as boas ideias?

 Versão original em Inglês http://bit.ly/1ftcIQ5
 Versão Dublada http://bit.ly/OpPUr7

Mas chegamos ao ponto: Inovação e Invenção são coisas bem distintas.  Thomas Edison, lembram-se dele?  Conhecido por inventar a lâmpada elétrica, durante sua vida registrou mais de 2.000 patentes:  Filme de 35mm para gravação cinematográfica, fonógrafo, a cadeira elétrica e outras milhares de criações.

Qual o segredo do sucesso dele?  Thomas Descobriu melhor que muitos inventores de sua época que o verdadeiro desafio de ser um Inovador era a capacidade de fazê-la funcionar de forma comercial. Ele foi um dos primeiros inventores a aplicar os princípios da produção em massa ao processo da invenção. Isso começou lá entre os anos 1870. Um gênio, não é mesmo?



Chegamos ao ponto:  A Inovação é bem mais que ter uma ideia, é todo um processo bem mais amplo que inclui desenvolver seu uso prático. Inovar precisa fazer sentido às pessoas. Por isso, aqueles homens e mulheres estão ganhando muito dinheiro e mudando a vida de pessoas em todos os cantos do mundo.

>>>Confundir inovação com invenção é muito comum. A última é apenas o começo que vem depois de uma grande ideia.

Hoje temos muito acesso à informação e grandes ideias. Se quiser ganhar dinheiro com elas, é necessário pensar numa série de fatores. Muitas startups que surgem a cada dia estão antenadas para mudar a vida das pessoas, dos lugares onde vivem ou para tirar do campo das ideias grandes invenções.

Mas a regra é clara: Precisamos de ideias, de inventores e de invenções.  Com muito ou nenhum dinheiro, o que nos move nessa louca vida, são as ideias, os sonhos e nossos objetivos. Se não ganhar dinheiro com elas, que seja apenas por prazer ou motivação.

>>>Bônus: O MIT divulgou nessa semana uma lista com as 50 empresas de Tecnologia mais Inovadoras do Mundo. Veja a imagem. Se quiser ler mais acesse: http://bit.ly/OpSLQF










Rodriggo Dell · Iago Bruno Rede Social Beta © 2014 · Termos · Privacidade · Equipe · Contato · Sobre · Participar